ATENÇÃO!

TERMOS QUE VOCÊ DEVE EVITAR

ALUNO DE INCLUSÃO
Nas escolas, todos são “de inclusão”. Ao se referir a aluno surdo, por exemplo, diga aluno com (ou que tem) deficiência.
CADEIRA DE RODAS ELÉTRICA
Trata-se de uma cadeira de rodas com motor, portanto deve-se dizer cadeira de rodas motorizada.
CADEIRANTE
O termo reduz a pessoa ao objeto. Diga pessoa em cadeira de rodas ou que anda em cadeira de rodas.
CEGUINHO
O diminutivo deixa a impressão de pena. O correto é cego, pessoa cega ou com deficiência visual.
CRIANÇA NORMAL
O termo sugere que a deficiência é anormal. Diga aluno, criança ou adulto sem deficiência.
DEFICIENTE
Não devemos reduzir as pessoas e suas capacidades à deficiência. O correto é pessoa com deficiência.
ESCOLA OU CLASSE NORMAL
Devemos dizer escola ou classe regular ou comum.
EXCEPCIONAL
O certo é criança ou jovem com deficiência mental.
MONGOLÓIDE OU MONGOL
Diga aluno com síndrome de Down, em referência ao médico inglês que a identificou, John L. Down.
PORTADOR DE DEFICIÊNCIA
A deficiência não é algo que a pessoa porta (carrega). O correto é pessoa com deficiência.
SURDO-MUDO E MUDINHO
O surdo só não fala porque não ouve. O certo é dizer surdo ou pessoa com deficiência auditiva.
 
Consultoria: Romeu Kazumi Sassaki,
consultor em Inclusão Social, de São Paulo
http://planetasustentavel.abril.uol.com.br/noticia/educacao/conteudo_234370.shtml?pag=4